Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Mato Grosso
Cuiabá
Goiás
GoiâniaAnápolis
Nordeste
Sergipe
Aracajú
Ceará
Fortaleza
João Pessoa
João Pessoa
Alagoas
Maceió
Rio Grande do Norte
Natal
Pernambuco
RecifeGaranhuns
Bahia
SalvadorFeira de SantanaIlhéusItabuna
Maranhão
São Luiz
Piauí
Teresina
Norte
Pará
Belém
Roraima
Boa Vista
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Tocantins
Palmas
Rondônia
Porto Velho
Acre
Rio Branco
Sudeste
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Rio de JaneiroAngra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéVolta Redonda
São Paulo
São PauloAraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaiLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSorocabaVotuporanga
Espírito Santo
Vitória
Sul
Paraná
CuritibaFoz do IguaçuCascavelLondrinaMaringá
Santa Catarina
FlorianópolisBlumenauCriciúma
Rio Grande do Sul
Porto AlegrePelotasRio GrandeSanta Maria

O que significa ser uma mulher sábia?

O Bispo Edir Macedo e sua esposa, Ester Bezerra, ensinam. Entenda

O que significa ser uma mulher sábia?

Em viagem missionária a Portugal, o Bispo Edir Macedo e sua esposa, Ester Bezerra, passaram  uma mensagem especial às mulheres. Na ocasião, eles falaram sobre a mulher sábia. Embora seja uma palavra muito conhecida, que mulheres cristãs estão acostumadas a ouvir, desta vez, o Bispo Macedo fez uma abordagem diferenciada.

Pois, sabe-se que a mulher sábia edifica a sua casa. Contudo, como é edificar uma casa, na prática?

Ele explica que vai muito além da realização de um sonho pessoal, como casar e ter o seu marido, cuidar da casa e dele, e fazer a obra de Deus. “Está acima disso, trata-se da missão que a mulher tem: que é construir. Ela construiu ontem, está construindo hoje e amanhã tem que continuar construindo. Assim é por toda a vida!”, disse.

Essa casa representa a Salvação, por isso, a mulher precisa manter a fé, permanentemente, sem relaxar, pois, a construção dessa casa só terminará quando ela chegar ao céu, ou seja, quando ela passar para a eternidade.

Por isso, a mulher precisa manter uma vigília permanente sobre a própria vida e a do marido, uma vez que, segundo o Bispo Macedo, a mulher tem uma percepção dos detalhes, que o homem não tem.

A mulher tem o poder de construir ou destruir

“É obrigação sua, mulher, ver se ele está no botão automático ou ainda está desenvolvendo a Salvação… Porque, quando cuidamos dos outros, estamos cuidando de nós mesmos”, ressaltou o Bispo.

Ele ressalta ainda que quando o marido é dado às vaidades, quando está muito preocupado, por exemplo, com o seu corpo, com a sua imagem, isso é um mau sinal, pois é um indício de que está deixando de amar as ovelhas.

“Quando o marido dá esses sinais de vaidade, é porque tem alguma coisa errada”, afirma o Bispo. “E se a esposa estimula isso é porque também está mal, [alias] está pior, porque é ela quem está construindo a casa”, acrescenta.

A mulher sábia, quando percebe essa inclinação no marido, chama sua atenção, porque está prevendo o mal, antes que ele chegue à sua casa. Vale destacar que a mulher tem um poder na sua palavra de construir ou de destruir.

“Não ache que está tudo bem, porque você não sabe o que está no coração dele! Mas, a maneira de ser um para com o outro dá sinais se há um desleixo, um relaxamento no relacionamento ou não. Se um está esfriando com o outro ou não”, alerta o Bispo Macedo.

Além do mais, o casamento é uma analogia ao relacionamento com Deus. Se há esfriamento no casamento, é porque o relacionamento com Deus também está frio.

A Palavra de Deus é como um espelho

Nós estamos vivendo nos últimos tempos, então, a apostasia da fé, que significa relaxar na fé, está cada vez mais acelerada. Porque, a fé é o canal de comunicação entre você e Deus. Se esse canal está sendo obstruído por um comportamento irregular, então, eu já estou inclinado para o mal e, consequentemente, ele virá. A mesma coisa acontece com o casal.

“Se a fé vai mal, o casamento vai mal também. Então, você tem que estar atenta 24 horas por dia, sempre avaliando a sua própria fé, sempre olhando no espelho da Palavra de Deus, para ver se o que você pensa, como você age, como você vive, está de acordo com a Palavra de Deus”, aconselha o Bispo.

Ester Bezerra destaca que é preciso edificar a nossa casa espiritual, da mesma forma que edificamos a física, pois a vinda de Jesus está próxima.

Deus guarda Sua intimidade para os sinceros

“Você tem de avaliar como se sente quando dobra os joelhos para orar, quando lê a Bíblia. Veja se há uma sintonia entre você e Deus. Assim como você percebe se o marido está nervoso ou preocupado, precisa observar, também, como está a sua vida espiritual.

“Porque o perverso é abominável ao Senhor mas com os sinceros Ele tem intimidade.” Provérbios 3:32

Dessa intimidade depende a nossa Salvação. Ester esclarece que quando Jesus fala “nunca vos conheci” é porque não havia intimidade, e quando não tem intimidade, é porque não há diálogo. Então, Ele não lhe conhece. Porque é quando você conversa, que conhece a pessoa e vê o que está no coração dela.

“Mais do que nunca estamos perto da volta de Jesus, então, tem de haver essa preparação, como as cinco virgens esperando com o óleo. O óleo é essa intimidade que a gente tem de buscar todos os dias, para que quando o noivo chegar, não nos encontre distraídas”, finaliza Ester Bezerra.

Acompanhe a meditação na íntegra:

Fonte:Universal.Org

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

quinze − 7 =