O país é o 7º do ranking entre os mais difíceis para cristãos viverem

 

Screenshot_3

 

 

Um voluntário, que teve a identidade preservada por motivos de segurança, parceiro da ONG internacional Open Doors – apoiadora da causa cristã pelo mundo –, disse que planeja distribuir 50 mil Bíblias no Iraque, ao longo de 2017.

Ele conta que muitas famílias cristãs que viviam na região tiveram de fugir por causa das ameaças do Estado Islâmico e perderam todos os pertences no percurso.

A instituição divulgou, em seu site na versão do Reino Unido, que em uma aldeia de Mala Barwan, no Iraque, cerca de 200 crianças já ganharam livros para colorir sobre histórias bíblicas. Os adolescentes receberam um livro contendo uma coletânea de trechos do Texto Sagrado.

Para o voluntário, esse envolvimento com crianças é muito especial, porque os ensinamentos bíblicos ficam muito mais fundamentados nelas do que em adultos.

“O que fazemos com esses livros é semear as sementes do Evangelho em suas vidas. O meu sonho é que, dentro de 15 anos, as sementes terão crescido e essas crianças serão crentes maduros e terão um relacionamento vivo com Cristo. Precisamos de muita oração para que isso aconteça”, disse ele à Open Doors.

Segundo o relatório anual elaborado pela instituição, o Iraque é o 7º país do ranking entre os mais difíceis para cristãos viverem (a Coreia do Norte ocupa o topo da lista), pois, por causa da maioria mulçumana entre a população, os cristãos são fortemente perseguidos e desvalorizados na sociedade.

Fonte

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*