as556asf4a

Durante 2017, a Universal escreveu mais um capítulo de sucesso na sua história. O ano foi marcado pela comemoração dos 40 anos de existência da Igreja e também pelo recorde de consagrações de pastores a bispos.

Nunca houve tantas consagrações consecutivas. Mais de 100 homens de Deus espalhados pelo mundo receberam a unção do episcopado. E antes do ano de 2017 acabar, no dia 27 de dezembro, Marcelo Moraes, de 40 anos, ao lado de sua esposa, Mercia Margarete, de 38, foi consagrado no Templo de Salomão, na capital paulista.

O bispo Marcelo conheceu o trabalho da Universal há 24 anos. Na época, ainda com 16 anos, ele jogava profissionalmente em um time de futebol de Minas Gerais, na cidade de Itabira. Longe dos pais desde os 12 anos, devido à carreira, se envolveu com más amizades, e isso só lhe trouxe sofrimento e destruição.

“Não conheci os meus pais biológicos, mas fui adotado por uma família bem estruturada, que me deu carinho e amor. Infelizmente havia algo que me perturbava mentalmente, com isso eu não tinha paz. Segundo a minha mãe, eu nasci com uma doença, e isso fez com que ela se preocupasse ainda mais com o meu bem-estar, pois ela dizia que eu era muito fraquinho. Nenhum médico conseguiu descobrir o que havia comigo; havia risco de morte. Realmente foi um milagre de Deus eu estar vivo.”

Aos 12 anos ele saiu de casa e foi jogar no time de futebol Valério Doce, em Itabira. Por influência de amigos, teve várias experiências ruins. “Comecei a frequentar festas, a beber e me envolver com mulheres e drogas”, conta o bispo, destacando que ao mesmo tempo em que era rodeado por muitas pessoas, se sentia sozinho, até que a ajuda espiritual chegou.

“Durante uma partida, sofri um acidente grave, quebrei um pedaço da rótula do joelho. No período em que fiquei sem jogar, me vi sozinho, pois ninguém poderia me ajudar. Foi então que conheci o trabalho da Universal. Me lembro que na época uma senhora chamada Lucinha me levou até a igreja. Logo me identifiquei com o trabalho, segui os ensinamentos e me lancei na fé. Iniciei uma vida íntima com Deus e encontrei a paz interior que tanto procurava.”

“Ser consagrado é como ser visitado pelo próprio Deus”

São 23 anos servindo a Deus no altar. Pessoas dos estados de Minas Gerais, Alagoas, Rio de Janeiro, São Paulo e também da Argentina já tiveram a oportunidade de conhecer o Senhor Jesus e o trabalho da Universal por meio das pregações do bispo Marcelo. E é exatamente pelo prazer em servir a Deus que ele destaca a importância dessa consagração:

“Ser consagrado é como ser visitado pelo próprio Deus, que amplia ainda mais a nossa sede de ganhar almas e o senso de responsabilidade para com o chamado de servo. Com isso somos levados a ter ainda mais temor quanto a manter a Salvação, para então ser usado para salvar ainda mais almas que estão perdidas, sem a direção de Deus.”

Atualmente o bispo Marcelo Moraes realiza as reuniões direcionadas para a vida financeira, todas as segundas-feiras, no Templo de Salomão.

Para saber mais sobre o trabalho que a Universal desenvolve pelo Brasil e pelo mundo, acompanhe diariamente as postagens do Universal.org.

Fonte

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*