Saiba o que o bispo Macedo pensa sobre o homossexualismo

Líder da Universal falou sobre o assunto durante programa de rádio

Durante o programa “Palavra Amiga”, que vai ao ar diariamente pela Rede Aleluia de rádio, o bispo Edir Macedo falou sobre um assunto bastante polêmico: o homossexualismo.

Leia abaixo alguns trechos do que ele disse:

“Deus não quer nada imposto. E nós na Igreja Universal não impomos nada a ninguém. (…) Há muitos crentes, pastores e igrejas levantando uma bandeira contra o movimento gay, contra o casamento de homossexuais. Eu pergunto: Jesus faria isso se estivesse vivendo no nosso tempo? Eu não creio que Ele faria. Porque no tempo dEle já havia homossexuais e Jesus não falou nada. Jesus não levantou uma bandeira, falando: ‘Olha, vocês têm que falar contra o homossexualismo, que é proibido, que não deve.”

Quer saber o que mais o bispo Macedo falou? Veja no vídeo abaixo a mensagem completa. O bispo inicia falando da importância da fé aliada à verdade e, a partir dos 20 minutos e 43 segundos (20:43) da mensagem, aborda a polêmica que envolve muitos homossexuais e evangélicos. Não deixe de ver e compartilhar: 

5 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. gostei e aprendi. eu n sabia como me comportar quando falavam sobre o homossexualismo. obrigado pelo esclarecimento.

    • Edinalva S Menezes em 25/04/2016 às 9:15 am
    • Responder

    Deus é maravilhoso ele não nos impõe nada.

  2. A pregação do evangelho confronta o pecado e quem vive nele, isso é inevitável. Ao pregarmos o evangelho genuíno denunciarmos o pecado, uma vez que evangelho é mudança de vida. É incompatível a pessoa ser da fé cristã e viver uma vive contrária aos princípios divinos.

    • malcir chaves em 07/06/2016 às 1:02 pm
    • Responder

    muito esclarecedor vou levar isso para toda vida, muito obrigado Espirito Santo e muito obrigado bispo Macedo

    • EDSON ALVES em 12/07/2016 às 11:15 am
    • Responder

    Ser homossexual, lésbica ou outra opção homo afetiva não define o caráter de ninguém.
    Todo cidadão honesto cumpridor das leis do seu país e que sabe viver em sociedade sem discriminação ou preconceitos, é digno de honra e respeito.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

19 − seis =