Rede aleluia

Joio ou trigo: qual você tem sido?

Entenda quais são as características de cada um

O joio e o trigo são muito parecidos e podem ser, facilmente, confundidos. Mas a realidade é que o fruto é que diferencia um do outro.

Quando o trigo dá frutos, o peso faz com que ele se incline. O joio, por sua vez, não apresenta frutos e, por isso, continua de pé.

Da mesma forma acontece entre os cristãos, por isso, o Senhor Jesus usou o joio e o trigo como analogia para explicar a diferença entre cristãos e salientou que apenas o tempo revelará quem é quem, a fim de que seja feita a separação entre o joio e o trigo.

Deixai crescer ambos juntos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Colhei primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; mas, o trigo, ajuntai-o no meu celeiro. Mateus 13:30

Na prática, uma pessoa que é considerada joio é aquela que está entre os cristãos, frequenta uma igreja, dá suas ofertas e, aparentemente, está cumprindo com seu papel, mas, na verdade, não passa de uma ilusão. Alguém que quer parecer ser o que não é. Ela é orgulhosa e não se inclina à vontade de Deus, apesar de querer transmitir santidade.

Entretanto, apenas aqueles que são nascidos de Deus é que podem ser considerados como trigo. Isto é, são pessoas que apresentam os frutos do Espírito de Deus que é o amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio (Veja em Gálatas 5: 22), mas, acima de tudo, se curvam à vontade de Deus.

Entenda melhor no vídeo abaixo:

Aprenda mais

A vida com Deus é repleta de desafios e ensinamentos. Se você deseja aprender mais sobre a caminhada cristã, participe de uma das reuniões, em uma Universal mais próxima de você. Os endereços podem ser encontrados aqui.

No Templo de Salomão, localizado na avenida Celso Garcia, 605, no Brás, as reuniões acontecem diariamente, clique aqui para ver os horários.

Fonte:Universal.org

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

3 × 5 =