bm_5

Encerramento do Jejum de Daniel promove um grande avivamento no povo de Deus

Exclusivamente neste domingo (13), do alto do Monte Hermom, em Israel, o bispo Edir Macedo anunciou a GRANDE REVELAÇÃO que Deus lhe concedeu e determinou o derramamento do Espírito Santo na vida das milhões de pessoas que participaram de mais uma edição do “Jejum de Daniel”.

Em todo o Brasil, a reunião principal aconteceu um pouco mais cedo, às 8h30. Por volta das 9h00 o bispo entrou, ao vivo, para todo o mundo, por videoconferência, falando da responsabilidade de cada um de nós ao recebermos o Espírito Santo. Ele destacou ainda que Deus espera que sejamos Sua imagem e semelhança aqui na Terra, ou seja, “clones”, verdadeiras cópias d’Ele neste mundo.

“Quando você nasce do Espírito Santo (porque primeiro se nasce do Espírito, depois se recebe o Espírito Santo) você se torna filho de Deus, ou seja, a imagem do Senhor Jesus, portanto, passa a ter essa responsabilidade. É como, por exemplo, a pessoa que se forma em medicina, ela passa a ter a responsabilidade para com aqueles que virão pedir ajuda a ela, ou seja, terá de tomar cuidado para não dar uma receita que venha ferir, prejudicar ou até matá-los. É a responsabilidade que ela tem da sua profissão.”

“E quando você se torna filho de Deus, recebe o Espírito de Deus, tem de assumir essa responsabilidade, ou seja, de que é um “Jesus” onde quer que vá, seja em casa, na rua, no trabalho. Cada um de nós se torna cópia do Senhor quando recebe o Seu Espírito”, explicava o bispo, pouco antes de ministrar a oração em favor das milhões de pessoas que o acompanhavam.

Em seguida, pediu a todos que fechassem os olhos e determinou que cada pessoa recebesse a paz de Deus (sinal claro e palpável do Espírito Santo) e, sem seguida, o derramamento do Espírito Santo.

Mobilização mundial

Após orar, o bispo revelou a todos o que acontecerá nos próximos dias na Universal, a contar deste domingo (13) até o próximo dia 27 de outubro, período em que ocorrerá uma grande mobilização de resgate em prol das pessoas sofridas, oprimidas, doentes e destruídas pelas mais diversas mazelas e problemas.

E como acontecerá? O bispo explicou, durante o pronunciamento no Monte:

“Existem bilhões de pessoas neste mundo com a vida amarrada, presas e destruídas por conta das forças do mal. Deus nos deu o Espírito Santo, mas para quê? Para que fiquemos dizendo ‘aleluia’ e falando em línguas? Será que foi para isso apenas? Claro que não! Por isso, a partir de hoje, nós vamos formar uma grande multidão de resgate dos enfermos, dos aflitos, vamos visitar hospitais, presídios, vamos aos becos, aos lugares mais remotos, invadir o território do inferno para arrancar as pessoas que estão lá, sofrendo; e os pastores, bispos, todos, não vão ficar dentro das igrejas esperando as pessoas! Todos sairão em busca dos sofridos, onde estão os aflitos. Nós iremos até eles!”, orientou o bispo Macedo.

Por isso, todos os dias, a partir de agora – determinou o bispo – serão dadas as ordens para que esse propósito de resgate aconteça. “Vamos oferecer para todas as pessoas que vieram à Igreja neste dia 27, graciosamente, algo que vai trazer essa liberdade! Só saberão o dia que vierem, é uma surpresa para todo mundo! Vocês trarão pessoas à Igreja que estão sofrendo, gemendo, vazias, especialmente neste dia, será o “Dia do Destravamento” e todos devem trazer pessoas nestas condições; crianças também! Nós vamos trabalhar neste propósito em todo o mundo, numa só fé, num só espírito”, ressaltou.

“Você que é batizado com o Espírito Santo, você que O recebeu, está automaticamente engajado nesse mutirão para buscar os sofridos, aflitos e aqueles que estão caídos à beira do caminho, porque esta é a missão do Espírito Santo dentro de nós! Todos, obviamente, são os nossos convidados!”, encerrou o bispo.

 

Da Redação / Fotos: Reprodução TV Universal
redacao@arcauniversal.com

 

Assista o vídeo:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*