eb6a38e3159158c6a2fde603fca03a7f

s cenas finais da novela bíblica O Rico e Lázaro, transmitidas na noite desta segunda-feira (20), em pleno horário nobre da televisão brasileira, certamente ficarão por muito tempo na memória dos telespectadores.

Depois da morte de Lázaro – interpretado pelo ator Dudu Azevedo, e do Rico (Igor Rickli), cada um teve suas devidas recompensas, ou seja, colheram o que plantaram em vida, fruto das escolhas que fizeram.

A alma, que é eterna e não morre, teve um destino final: Lázaro, apesar de todas as lutas e debilidades vivenciadas aqui na Terra, decidiu – depois de muito esforço e renúncia – aceitar a Deus de todo o coração e, por isso, após sua morte, foi levado para o Lar Celestial, um lugar de paz e alegria para todo o sempre.

lazaro

 

O Rico, por sua vez, foi levado para o tormento eterno, ou seja, o inferno, um lugar de dor, ranger de dentes e agonia, isso porque, apesar de todas as oportunidades que teve para se arrepender dos maus caminhos e entregar a sua vida a Deus, ele não se rendeu, não aceitou. O seu dinheiro, esplendor, e também todas as suas amarguras e ações – das quais não quis se arrepender, nem liberar perdão – falaram mais alto.

Essas cenas fizeram com o que os telespectadores refletissem a respeito da mensagem da Salvação, anunciada e propagada em todo o mundo, por meio do Evangelho, porém, infelizmente, há quem duvide, resista e não aceite.

No entanto, é importante ressaltar que assim como Rico e Lázaro foram os únicos responsáveis pelo destino final que tiveram, exatamente como descrevem as Sagradas Escrituras (Lucas 16:19-31), nós também somos e temos esse poder de escolha nas mãos, ou seja, é de nossa inteira responsabilidade o futuro da nossa alma e onde passaremos a eternidade: ou no Lar Celestial ou no inferno.

Assista abaixo, na íntegra, o vídeo das cenas:

E, você, o que tem feito pela sua Salvação? Participe de uma reunião na Universal, especialmente às quartas-feiras e aos domingos, e aprenda a valorizar o bem mais precioso que Deus lhe deu: a sua alma. Clique aqui e procure uma Universal mais próxima da sua residência.

Gostou da matéria? Compartilhe nas redes sociais.

Fonte

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*