Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Mato Grosso
Cuiabá
Goiás
GoiâniaAnápolis
Nordeste
Sergipe
Aracajú
Ceará
Fortaleza
João Pessoa
João Pessoa
Alagoas
Maceió
Rio Grande do Norte
Natal
Pernambuco
RecifeGaranhuns
Bahia
SalvadorFeira de SantanaIlhéusItabuna
Maranhão
São Luiz
Piauí
Teresina
Norte
Pará
Belém
Roraima
Boa Vista
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Tocantins
Palmas
Rondônia
Porto Velho
Acre
Rio Branco
Sudeste
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Rio de JaneiroAngra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéVolta Redonda
São Paulo
São PauloAraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaiLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSorocabaVotuporanga
Espírito Santo
Vitória
Sul
Paraná
CuritibaFoz do IguaçuCascavelLondrinaMaringá
Santa Catarina
FlorianópolisBlumenauCriciúma
Rio Grande do Sul
Porto AlegrePelotasRio GrandeSanta Maria

Por que as pessoas tendem para o mal?

Confira esta mensagem do Bispo Renato Cardoso sobre o tema

Por que as pessoas tendem para o mal?

Por que o sucesso dos outros lhe traz tristeza em vez de alegria? Porque você tende a acreditar mais em uma fofoca do que em uma verdade com respeito a uma pessoa? Por que você acha que os seres humanos são rápidos para julgar alguém sem nem mesmo ter todas as informações e sem ouvir todas as partes?

Durante a programação “Inteligência e fé“, do dia 9 de novembro, o Bispo Renato Cardoso meditou sobre esse tema. Conforme ele observou, a resposta para essas perguntas é que o mal está dentro de nós. É o que aponta Bíblia: “Eis que em iniquidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe.” Salmos 51:5

“Este salmo, em que Davi se arrepende do seu pecado (o adultério), ele não só volta alguns meses na sua história (quando ocorreu o pecado), como também ele retorna ao ventre da mãe. Isso é para reconhecer que o pecado dele estava em seu sangue. Isso não é exclusivo de Davi, ele estava relatando um problema da humanidade”, explicou o Bispo.

O mal é uma tendência humana

É possível notar que os traços dessa natureza decaída da humanidade aparecem já na mais tenra idade de uma pessoa. Mesmo entre as crianças, que são inocentes, há desentendimentos por causa de um brinquedo ou de uma situação, por exemplo.

“Por que as pessoas são assim? É porque o mal está dentro delas. A inveja, a fofoca, a infelicidade amorosa, os maus olhos, o ‘tirar vantagem’ estão dentro delas. É como se elas estivessem olhando em um espelho, falando dos outros aquilo o que está dentro delas. Porque, uma pessoa que está bem resolvida sente prazer no sucesso da outra”, observou.

O Bispo também acrescentou que essa é a raiz da iniquidade, ou seja, o pecado intencionado. “Iniquidade é um pecado que você planeja, que você sustenta por muito tempo”, alertou.

Mude enquanto há tempo

Portanto, o Bispo ensinou que devemos compreender que o pecado corre nas veias da humanidade e, por isso, temos de estar conscientes dessa inclinação natural que todos temos para o mal. É possível combater isso com arrependimento, com temor a Deus e lutando contra a própria vontade.

Confira a mensagem na íntegra:

Assim, é importante que você participe dos encontros que ocorrem no Templo de Salomão e em toda Universal (consulte o endereço aqui) para que haja manutenção da sua fé.

Fonte: Universal.org

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

um + sete =