Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Mato Grosso
Cuiabá
Goiás
GoiâniaAnápolis
Nordeste
Sergipe
Aracajú
Ceará
Fortaleza
João Pessoa
João Pessoa
Alagoas
Maceió
Rio Grande do Norte
Natal
Pernambuco
RecifeGaranhuns
Bahia
SalvadorFeira de SantanaIlhéusItabuna
Maranhão
São Luiz
Piauí
Teresina
Norte
Pará
Belém
Roraima
Boa Vista
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Tocantins
Palmas
Rondônia
Porto Velho
Acre
Rio Branco
Sudeste
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Rio de JaneiroAngra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéVolta Redonda
São Paulo
São PauloAraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaiLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSorocabaVotuporanga
Espírito Santo
Vitória
Sul
Paraná
CuritibaFoz do IguaçuCascavelLondrinaMaringá
Santa Catarina
FlorianópolisBlumenauCriciúma
Rio Grande do Sul
Porto AlegrePelotasRio GrandeSanta Maria

O que fazer quando tudo parece não avançar?

O que fazer quando tudo parece não avançar?

Talvez, você esteja em um momento difícil: os seus projetos não avançam, aparecem problemas de onde você menos espera e parece que os obstáculos são bem maiores do que você imaginou. Então, você fica em um impasse.

“Sabe o que você pode fazer? Vá arrumar o seu armário. Pode ser literalmente arrumar o seu armário, pode ser arrumar uma gaveta em sua casa, pode ser arrumar a sua geladeira. Eu não sei o que, mas algo simples que você pode fazer e que vai trazer algum senso de ordem, de realização, para você. Já que você não pode fazer as coisas maiores que gostaria, comece com uma menor”, aconselhou o Bispo Renato Cardoso, durante a programação “Inteligência e fé“, do dia 30 de abril.

Pequenas atitudes, grandes resultados

“Pode parecer simples. Mas o poder disso é você, em primeiro lugar, mudar o foco daquilo que está lhe estressando”, apontou o Bispo, acrescentando que, com as emoções alteradas, nós não conseguimos tomar boas decisões. Isso não quer dizer desistir do problema, mas que, no momento, você não está tendo progresso e não adianta insistir.

Desse modo, por exemplo, você pode não ter condições de mudar tudo em seu casamento, que está passando por problemas. Mas você pode tomar pequenas decisões simples que somadas farão uma grande diferença.

Igualmente, pode ser que você não tenha condições de pagar uma grande dívida financeira, mas é possível pagar as menores, de imediato.

Como o Bispo refletiu: “Qual é o pequeno passo que você pode dar agora, que vai lhe trazer algum senso de controle, de realização, de mudança de foco para tirar o seu espírito desta forma conturbada que está?”

Ao final, de pouco em pouco, quando você olhar para trás verá o quanto a sua vida avançou.

Para conferir esta e outras mensagens do Bispo Renato Cardoso, acompanhe as atualizações na página oficial do Youtube.

Fonte: Universal.org

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

três × 4 =