Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Mato Grosso
Cuiabá
Goiás
GoiâniaAnápolis
Nordeste
Sergipe
Aracajú
Ceará
Fortaleza
João Pessoa
João Pessoa
Alagoas
Maceió
Rio Grande do Norte
Natal
Pernambuco
RecifeGaranhuns
Bahia
SalvadorFeira de SantanaIlhéusItabuna
Maranhão
São Luiz
Piauí
Teresina
Norte
Pará
Belém
Roraima
Boa Vista
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Tocantins
Palmas
Rondônia
Porto Velho
Acre
Rio Branco
Sudeste
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Rio de JaneiroAngra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéVolta Redonda
São Paulo
São PauloAraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaiLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposTaubatéSorocabaVotuporanga
Espírito Santo
Vitória
Sul
Paraná
CuritibaFoz do IguaçuCascavelLondrinaMaringá
Santa Catarina
FlorianópolisBlumenauCriciúma
Rio Grande do Sul
Porto AlegrePelotasRio GrandeSanta Maria

Não perca tempo, ganhe produtividade

Quem administra bem as horas de trabalho também tem ganhos em outras áreas da vida. Descubra como fazer isso:

Não perca tempo, ganhe produtividade

Muita gente se pergunta por que trabalha tanto, preenchendo cada segundo do expediente – e além dele –, e não vê bons resultados. Às vezes nem é falta de vontade, esforço ou profissionalismo, mas uma falta de administrar bem o tempo, perdendo-o em distrações ou “apagando incêndios”.

Para Robson Camargo, de São Paulo, professor de MBA (Master in Business Administration, uma pós-graduação em gestão e administração) em conceituadas instituições como a Fundação Getulio Vargas (FGV), essa pergunta pode gerar “frustração, cansaço e até serviço indo para casa com você no final do dia, o que apenas reforça que você não tem uma gestão do tempo no trabalho”.

Camargo esclarece que as gestões do tempo e da produtividade precisam andar juntas. “Ser produtivo não tem nada a ver com o número de horas trabalhadas, mas com os resultados gerados nelas. Você deve saber o quanto gastou e ainda vai gastar para executar determinadas tarefas; se não sabe, planeje. Em qualquer área, a administração do tempo e organização são peças fundamentais”, diz.

O professor indica, inclusive, que o profissional pesquise sobre alguns métodos de gestão de tempo bem conhecidos, analisando qual deles melhor se encaixa no estilo de cada empresa ou trabalhador. Confira alguns deles na página ao lado.

Além disso, ele destaca a importância de manter o foco e evitar fazer várias coisas ao mesmo tempo. O ideal é começar e completar tarefa a tarefa.

Recompensa
O Bispo Renato Cardoso, em uma reunião, explicou que “saber usar seu tempo faz de você um sábio. Você fica à frente da maioria. Toma decisões melhores, faz mais dinheiro, sua vida é melhor que a de outras pessoas em muitos aspectos. Essa é a conexão entre o tempo e Deus: quando você aprende que o tempo é divino e aprende a respeitá-lo e a usá-lo bem, ele o recompensa”.

Muitos ainda não pararam para pensar nisso, mas podem aprender e praticar esse e outros conceitos no Congresso para o Sucesso, palestra gratuita que ocorre às segundas-feiras no Templo de Salomão, às 7h, 10h, 12h, 15h, 18h30 e 22h, ou em uma Universal perto de você.

fonte: Universal.org

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

onze + 1 =