Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Mato Grosso
Cuiabá
Goiás
GoiâniaAnápolis
Nordeste
Sergipe
Aracajú
Ceará
Fortaleza
João Pessoa
João Pessoa
Alagoas
Maceió
Rio Grande do Norte
Natal
Pernambuco
RecifeGaranhuns
Bahia
SalvadorFeira de SantanaIlhéusItabuna
Maranhão
São Luiz
Piauí
Teresina
Norte
Pará
Belém
Roraima
Boa Vista
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Tocantins
Palmas
Rondônia
Porto Velho
Acre
Rio Branco
Sudeste
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Rio de JaneiroAngra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéVolta Redonda
São Paulo
São PauloAraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaiLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposTaubatéSorocabaVotuporanga
Espírito Santo
Vitória
Sul
Paraná
CuritibaPonta GrossaFoz do IguaçuCascavelLondrinaMaringá
Santa Catarina
FlorianópolisBlumenauCriciúma
Rio Grande do Sul
Porto AlegrePelotasRio GrandeSanta Maria

A sua responsabilidade

Você sabe qual é?

A sua responsabilidade

Você talvez esteja se perguntando o motivo de não vencer na vida. Talvez você diga que o mundo é injusto e que ninguém o ajuda. Em Gênesis, conhecemos a história de Abel e Caim, irmãos que apresentaram uma oferta a Deus. A Bíblia conta que Abel escolheu o melhor cordeiro de seu rebanho para oferecer a Deus. Caim, por sua vez, pegou restos de sua colheita e entregou a Deus. Só que Deus aceitou a oferta de Abel e rejeitou a de Caim. Então, Caim ficou com o semblante caído e Deus lhe disse: “Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante? Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti o será seu desejo, mas sobre ele deves dominar”. (Gênesis 4.6-7).

Em outras palavras, Deus disse a Caim: se você fizer direito, não é certo que sua oferta será aceita? Contudo Caim escolheu não ouvir ao Senhor e não melhorar suas atitudes. Em vez disso, ele responsabilizou Abel pelo seu fracasso e o matou. Por meio dessa situação, vemos que Deus responsabiliza as pessoas individualmente e não coletivamente.

Ele ignora se você pertence a algum grupo e não está preocupado com o seu dinheiro, a sua classe social, etnia ou seu sobrenome, pois Ele não faz acepção de pessoas. Ele responsabiliza o indivíduo pelas suas ações e da mesma forma será com a Salvação: ela não será coletiva, ou seja, ninguém entrará no céu de braços dados com ninguém.

Dessa forma, Deus dá a possibilidade de você decidir se quer fazer o que é certo ou não. Se você quer ter sucesso, deve olhar para si mesmo, para o seu potencial e analisar o que precisa fazer de diferente para obter o que deseja.
Isso não significa que no mundo haverá um tapete vermelho para você passar. Afinal, o mundo é um lugar difícil, injusto, cheio de pessoas más e de tribulações, mas ele é vencido pela fé, como disse Jesus: “(…) e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé”. (1 João 5.4).

Entenda que, enquanto você é o responsável por sua vida, o mundo responsabiliza terceiros por seus fracassos. Por exemplo: alguém diz que você é pobre porque o rico oprime você ou que você é mulher e, por isso, não consegue o mesmo que o homem. Essa é a estratégia favorita do diabo para fazer as pessoas ficarem umas contra as outras.

Compreenda que é você mesmo que pode afetar a sua história, ainda que terceiros tentem barrá-lo.

fonte: Universal.org

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

2 × quatro =