Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Mato Grosso
Cuiabá
Goiás
GoiâniaAnápolis
Nordeste
Sergipe
Aracajú
Ceará
Fortaleza
João Pessoa
João Pessoa
Alagoas
Maceió
Rio Grande do Norte
Natal
Pernambuco
RecifeGaranhuns
Bahia
SalvadorFeira de SantanaIlhéusItabuna
Maranhão
São Luiz
Piauí
Teresina
Norte
Pará
Belém
Roraima
Boa Vista
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Tocantins
Palmas
Rondônia
Porto Velho
Acre
Rio Branco
Sudeste
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Rio de JaneiroAngra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéVolta Redonda
São Paulo
São PauloAraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaiLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSorocabaVotuporanga
Espírito Santo
Vitória
Sul
Paraná
CuritibaFoz do IguaçuCascavelLondrinaMaringá
Santa Catarina
FlorianópolisBlumenauCriciúma
Rio Grande do Sul
Porto AlegrePelotasRio GrandeSanta Maria

Dicas para ter um 2020 diferente

Estabeleça essas metas e tenha o melhor ano de sua vida

Todo fim de ano a cena é a mesma: pessoas se abraçam, desejam coisas boas e esperam que o novo ano seja melhor que o anterior. Mas, para que isso se torne realidade, é preciso muito mais do que boa vontade. É necessário que suas atitudes acompanhem as mudanças almejadas.

O primeiro passo para isso acontecer é investir na sua vida espiritual, que lhe dará estrutura para enfrentar e vencer todas as batalhas que surgirem. Com a Salvação em dia e a fé em alta, é impossível que você seja derrotado. Acompanhe abaixo uma série de metas para que você tenha um 2020 realmente abençoado.

O cristão deve manter contato constante com o Altíssimo por meio da oração. Entenda que isso não significa que você deve, necessariamente, falar o tempo todo. Na verdade, sua mente deve estar conectada com as coisas do Alto e seus olhos atentos para identificar e fugir das ciladas colocadas pelo diabo.

“Para ter forças, paciência e perseverança, a fim de suportar as dores e permanecer salvo, a comunhão com Deus, por meio das orações, jamais pode ser negligenciada. É impossível receber as respostas de Deus quanto às Suas promessas e, sobretudo, manter a Salvação, sem uma vida de oração”, orienta o Bispo Edir Macedo na Bíblia comentada.

Se por meio da oração falamos com o Senhor, é por meio da Sua Palavra que Ele nos responde, fortalece e orienta. O Bispo Macedo afirma que ela dá o discernimento para tomarmos decisões e evitarmos tropeços, quedas e termos benefícios diários e eternos.

“Quem medita na Palavra e se submete a ela jamais se desviará da fé. Aqueles, porém, que ignoram Seus conselhos e decidem seguir os próprios caminhos, além de se envolverem em problemas, correm o risco de perder a Salvação”, alerta.

O jejum pode ser considerado uma oração mais fervorosa do que a feita com os lábios. É importante, pois nele há gemidos inexprimíveis da alma em busca de objetivos pessoais ou coletivos.

Entretanto, ele não tem nenhum valor espiritual se, durante a sua prática, a pessoa não estiver em espírito de oração e humilhação diante do Pai.

Uma ideia muito presente no cristianismo moderno é a de que não é preciso frequentar a igreja, já que podemos orar, ler a Bíblia e ter comunhão com Deus em casa.

Contudo, a igreja física tem papel fundamental na manutenção e no desenvolvimento da fé. “É engano pensar que a participação nos cultos e o envolvimento nas atividades evangelísticas são dispensáveis, pois é assim que interagimos uns com os outros e nos estimulamos espiritualmente. Erra quem acredita que pode caminhar na fé isolado de todos, rejeitando a determinação Divina”, diz o Bispo Macedo.

“Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros…”

Hebreus 10:25

Sem o Espírito Santo, o cristão não conseguirá se manter firme até o fim. O Senhor Jesus frisou Sua importância, quando afirmou que não deixaria Sua Igreja órfã e que enviaria o Consolador (leia João 16:7-13).

O Espírito Santo possui a mesma natureza, os mesmos atributos e os mesmos propósitos Divinos. Isso possibilita que Pai e Filho continuem com os Seus servos na terra.

“O Senhor Jesus foi o Guia, o Instrutor e o Protetor enquanto esteve com os discípulos. Ele os sustentou nos fracassos e nas tristezas e suportou os erros deles como um fiel Amigo. Embora o Espírito Santo seja uma Pessoa distinta da Trindade, Ele é igualmente Deus e cumpre perfeitamente o papel de amparar e guiar o homem rumo à vida eterna”, fala o Bispo.


Num tempo em que as redes sociais e o acesso à informação são tão difundidos, muitos cristãos ignoram o perigo de ter estreitas amizades com pessoas perversas e corrompidas moral e espiritualmente. Não entendem que é impossível conviver com alguém e não ser influenciado, de alguma forma, por suas ideias.

“Saber selecionar o círculo de amizades é essencial para quem deseja manter a fé, o temor e a conduta irrepreensível diante de Deus. Estaremos sempre em contato com pessoas dos mais variados tipos, mas devemos limitar a nossa convivência com elas, para que não sejamos afetados por seus costumes”, explica.

“Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.”

1 Coríntios 15:33

Fonte: Universal.org

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

um × 4 =