5º aniversário do Templo de Salomão, um lugar de santidade ao Senhor

Participe do encontro de comemoração que ocorrerá dia 31 de julho

Por Daniel Cruz / Fotos: Reprodução

No dia 31 de julho, o Templo de Salomão, localizado na capital paulista, comemora seu 5º aniversário. Desde a sua inauguração, esta magnífica obra tem abençoado a vida de milhares de pessoas diariamente.

Há quem considere o Templo como um ponto turístico, simplesmente. Entretanto, o seu valor vai muito além do que o de uma bela arquitetura. É um Lugar Santo, onde a pessoa tem a oportunidade de se encontrar com Deus.

Por que o Templo foi construído?

A inspiração para a construção veio do Templo original, edificado nos tempos bíblicos.

Tudo começou quando Moisés cooperou com os planos do Altíssimo de tirar os hebreus da escravidão no Egito. Em seguida, Deus ordenou a construção do Tabernáculo, que era uma tenda móvel utilizada para adorá-lO.

Tempos mais tarde, o rei Davi desejou substituir o Tabernáculo por uma construção que representasse a grandeza do Criador. Porém, somente no reinado de seu filho, Salomão, a edificação foi concluída.

Durante a inauguração do Templo original, Deus afirmou: “Agora estarão abertos os Meus olhos e atentos os Meus ouvidos à oração deste lugar.” 2 Crônicas 7.15

Igualmente, nos dias de hoje, a réplica localizada em São Paulo é um ambiente espiritual que resgata a santidade ao Senhor, promovendo o encontro entre criatura e Criador.

Um marco na história

A construção durou 4 anos (foto acima). E a sua inauguração foi registrada com a entrada da Arca da Aliança, que nos tempos bíblicos representava a presença de Deus entre o Seu povo. A cerimônia foi noticiada pela mídia no mundo todo, com publicações no The New York Times e na Forbes, por exemplo.

No dia 7 de julho de 2017, a Universal foi homenageada pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos com um selo especial. Nas redes sociais, autoridades divulgaram a honraria. Um carimbo também foi confeccionado para o evento. Ele foi usado por 30 dias na Agência dos Correios Central de São Paulo. E, finalmente, encaminhado para o Museu Nacional dos Correios, em Brasília. A cerimônia especial aconteceu no auditório do Templo de Salomão.

Em 2018, a Arca da Aliança retornou ao Templo, após uma viagem de um ano por todas as 27 capitais do Brasil (foto acima). Na ocasião, o símbolo sagrado partiu de Santa Catarina e desembarcou no aeroporto de Congonhas. Em seguida, ela foi guardada na réplica do Tabernáculo de Moisés, localizado no Jardim Bíblico do Templo. Posteriormente, a Arca deixou o Brasil e seguiu para o exterior. A primeira parada foi nos Estados Unidos.

Em abril de 2019, o Bispo Edir Macedo se reuniu com milhares de lideranças evangélicas de diferentes denominações, no Templo. Foi o evento “Congresso Renovação – Santa Ceia da Unidade“. O objetivo do encontro foi refletir sobre a ação mais importante no Reino de Deus: o ganho de almas para o Senhor Jesus.

No dia 29 de maio, o Bispo Edir Macedo recebeu a Medalha Jerusalém de Ouro. Ela simboliza um dos maiores reconhecimentos do Estado de Israel. Em um evento no Salão Nobre do Templo, a honraria foi entregue pelo embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, e pelo cônsul geral de Israel em São Paulo, Dori Goren (foto ao lado).

No dia 1º de junho, mais de 20 mil pessoas compareceram à Solenidade de Troca das Bandeiras, no Templo. Entre os participantes estavam representantes diplomáticos de 27 nações. Foram hasteadas, no total, 127 bandeiras na esplanada. Elas representam os países em que a Universal está presente.

No dia 4 de junho, uma parceria entre o Templo e o Consulado Geral de Israel em São Paulo promoveu a exposição fotográfica “Jerusalém – A Cidade da Fé” (foto abaixo).

A cerimônia especial ocorreu no Memorial, localizado no Jardim Bíblico, e foi conduzida pelo cônsul Dori Goren e pelo Bispo Edir Macedo. A coordenação foi de responsabilidade da consulesa de Israel, Cecília Goren. E a curadoria foi realizada por Camila Gomes e Bety Jardinovsky, do Consulado Geral de Israel em São Paulo. Já as fotos são do brasileiro Agê Barros, do israelense Noam Chen e do projeto FotograFé.

Desde a sua inauguração, em 2014, o Templo recebeu mais de 16 milhões de pessoas. Incluindo, cerca de 30 mil estrangeiros de mais de cem países.

Vale lembrar que o Templo de Salomão está aberto, gratuitamente, todos os dias. Você pode participar dos encontros que ocorrem na edificação (confira aqui os horários) ou agendar uma visita ao Jardim Bíblico.

Confira mais informações sobre a trajetória do Templo de Salomão no vídeo abaixo:

Participe da festa espiritual no Templo

“Você é convidado para estar conosco na festa de 5º aniversário do Templo de Salomão, que acontecerá dia 31 de julho, uma quarta-feira, às 20h. Você que está assistindo e diz assim: ‘ah, eu sempre tive vontade de ir ao Templo’. Então, está aí a oportunidade”, disse o Bispo Renato Cardoso, durante a programação “Entrelinhas”, exibida no dia 21 de julho, pelo Univer Vídeo.

“Será uma festa espiritual”, acrescentou Cristiane Cardoso. “Se você nunca participou de uma festa espiritual, está aí uma oportunidade”.

Semelhantemente, durante a “Escola da Fé”, ocorrida no Templo de Salomão, no dia 24 de julho, por videoconferência, o Bispo Edir Macedo também ressaltou a importância da data.

“Eu vou estar com vocês, novamente. E nós estaremos celebrando o 5º aniversário do Templo de Salomão. Então, nós vamos fazer uma festa. Porque, quantas pessoas, nesses 5 anos, tiveram o privilégio de nascer de Deus nesse pronto-socorro para os acidentados espirituais? Quantas pessoas estavam à morte, sentaram nessas cadeiras e Deus as gerou pelo Seu Espírito? Portanto, na quarta-feira que vem, eu gostaria que você trouxesse alguém que viesse ver a sua consagração. Você será consagrado a membro efetivo do corpo do Senhor Jesus”, disse.

Por fim, o Bispo Macedo orientou aos que ainda não são batizados com o Espírito Santo a fazerem um jejum de alimentos antes do dia da celebração. Com o intuito de que haja um avivamento espiritual.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

dois × 3 =