Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Mato Grosso
Cuiabá
Goiás
GoiâniaAnápolis
Nordeste
Sergipe
Aracajú
Ceará
Fortaleza
João Pessoa
João Pessoa
Alagoas
Maceió
Rio Grande do Norte
Natal
Pernambuco
RecifeGaranhuns
Bahia
SalvadorFeira de SantanaIlhéusItabuna
Maranhão
São Luiz
Piauí
Teresina
Norte
Pará
Belém
Roraima
Boa Vista
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Tocantins
Palmas
Rondônia
Porto Velho
Acre
Rio Branco
Sudeste
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Rio de JaneiroAngra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéVolta Redonda
São Paulo
São PauloAraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaiLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSorocabaVotuporanga
Espírito Santo
Vitória
Sul
Paraná
CuritibaFoz do IguaçuCascavelLondrinaMaringá
Santa Catarina
FlorianópolisBlumenauCriciúma
Rio Grande do Sul
Porto AlegrePelotasRio GrandeSanta Maria

17 de novembro: participe do “Domingo do Clamor”

Assista ao vídeo com a mensagem do Bispo Edir Macedo sobre o tema

Nos tempos bíblicos, o povo de Israel viveu um período de escravidão no Egito. As pessoas já estavam sem esperanças e abatidas por causa de tanto sofrimento. Mas, elas se recordavam do Deus Todo-Poderoso e clamavam a Ele pedindo ajuda.

A Bíblia diz: “E ouviu Deus o seu gemido, e lembrou-se Deus da Sua aliança com Abraão, com Isaque, e com Jacó; E viu Deus os filhos de Israel, e atentou Deus para a sua condição.” Êxodo 2:24-25

Então, por causa da Sua Palavra e da fé que estava sendo manifestada por aquelas pessoas, Deus veio em favor delas, revelando a Sua glória.

Faça o seu clamor para Deus

E esta promessa também está disponível para você, nos dias de hoje. Mas, para isso, você precisa se apresentar ao Senhor.

Sobre o tema, durante a “Palavra Amiga”, exibida no dia 12 de novembro, o Bispo Edir Macedo explicou que o clamor é uma atitude especial diante de Deus.

“Quando a gente fala em oração, existem ‘orações’ e existe ‘a’ oração. São duas coisas diferentes. Existe a reza, a prece, a oração, a súplica, mas o clamor é totalmente diferente. Foi o que aconteceu com Israel, quando eles clamaram a Deus. Porque eles vinham orando havia 430 anos, porque estavam escravizados. Mas chegou o momento em que eles clamaram ao Senhor. E Deus deu a resposta. Ele enviou Moisés para salvar o Seu povo”, disse o Bispo Macedo.

Domingo do Clamor

É por isso que no Templo de Salomão, no dia 17 de novembro, às 7h, 9h30 e 18h, ocorrerá o “Domingo do Clamor”. Você também poderá acompanhar em uma Universal mais próxima de sua casa (veja o endereço aqui).

Ainda durante a “Palavra Amiga”, o Bispo Macedo anunciou: “Eu vou orientar as pessoas a como fazerem o clamor. Porque não é uma oração qualquer”.

Você também poderá convidar familiares e amigos para participarem desse clamor.

Confira, no vídeo abaixo, uma mensagem do Bispo Macedo sobre esse dia:

Daniel Cruz / Foto: Reprodução RecordTV

Fonte: Universal.org


Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

20 − 7 =